mamã vs papá

A Júlia agora viu-se metida numa encrenca. A primeira coisa que disse foi “mamã” (foi mais mamah, mas pronto, o juiz validou) e disse-me isto, a mim, que lhe trocava uma fralda. Claro que a mamã, perdão, mamah, veio a correr da sala, em lágrimas. Não satisfeita com a proeza, a Júlia repetiu, em tom provocatório, mamah, mamah. Passei os dias seguintes a dizer-lhe “PAPÁ!” e a apontar para mim

PAPÁ —>  😀

O máximo que consegui foi que dissesse algo próximo de babah. Por mim servia, mas os regulamentos são severos no que respeita a consoantes trocadas. O raio do bicho às vezes faz “papá” com a boca, só que se esquece de usar a voz. Acho que tenho uma filha distraída. Outras vezes, usa apenas a voz e diz Aahh Ahhh, esquecendo-se do p. O pior é ao jantar. Ela, na espreguiçadeira, observa pai e mãe sentados à mesa, como num jogo de ténis: papá, papá, paaaapáaaaa de um lado, mamã, maaaamã, maaamãaaa do outro. Bem vinda ao mundo, Júlia.

(uma colega contou-me o caso da filha dela que após semanas de papá papá papá de um lado e mamã mamã mamã do outro, disse muito prosaicamente “olá” e calou os dois)

Anúncios

2 thoughts on “mamã vs papá

  1. Ainda me lembro dessa guerra das rosas com a mais nova, e um belo dia, olha para o meu Pai e diz “abu” deixando-o babado e a nós depauperados com a escolha, depois de tanta insistência… Foi um twist dos diabos e muito bem feito 🙂 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s