ondas gravíticas!

Bons tempos em que as descobertas eram coisas do nível “a terra gira à volta do sol” e uma pessoa podia dizer “uau! a terra gira à volta do sol! fantástico! Sempre pensei que fosse ao contrário! Quem diria?!” sem ter a sensação de apenas não querer parecer ignorante para as pessoas que também estão todas a fingir que percebem e partilham do entusiasmo dos cientistas. Às vezes os cientistas, coitados, são tratados pelos media e pelas massas com um bocado de condescendência. Eles estão felizes porque passaram 9 anos a varrer um quadrado do céu, com um telescópio, no polo norte e lá descobriram o que procuravam… olha vem lá um deles, pessoal façam um ar feliz- EHHHH!!! PARABÉNS!!!! Hoje em dia, nem o clero está para se chatear com estas coisas e em meter estes tipos na choldra, nem que seja porque a astronomia e cosmologia a partir do século XVIII e do Messier que andou a catalogar os objectos especiais (em 1700 e tal) se transformou numa actividade semelhante a cativeiro e castigo. Hoje, nem as massas são impactadas pelas descobertas, nem a Igreja possui o know-how e a expertise necessárias para refutar as descobertas, com argumentos sólidos como “se a terra fosse redonda então quem estava no lado de baixo caía! caía tudo, o mar, a água, os peixes, as pessoas!” Estou a ver, na cúpula do Vaticano, este assunto das ondas gravitacionais na ordem de trabalhos, entre o ostia break e o prayingstorm, o cardeal Vincentini Giacomineli com um powerpoint, a mostrar este video, para um Papa Francisco bem disposto.

One thought on “ondas gravíticas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s