história repete-se

Existem bons indícios de que a subida do nível das águas do mar seja a maior mentira da ciência moderna, mas deixo o debate para os experts. O ponto é que se tornou evidente que as alterações climáticas e subida do nível do mar se tornaram num hype, num fenómeno cavalgado por políticos de craveira científica de José Sócrates ou Al Gore. Não me custa nada acreditar no Mörner quando diz que isso afecta o próprio financiamento às pesquisas que contrariem a tese dominante. Não questiono a possibilidade do aquecimento global provocar degelo de calotes polares e subida do nível do mar, o que questiono é ser aceite como uma verdade quando as críticas que vejo apontadas aos modelos de previsão me parece extremamente válidas e pertinentes, e ser quase impossível argumentar o oposto sem levar logo um rótulo de “mercenário do petróleo” ou algo do género. Há claramente um pensamento politicamente correcto.

Dito isto, temos evidências constantes do fracasso dessa entidade a que podemos dar o nome de “autoridades” e do contágio à consciência colectiva. Da gripe A, ao bug do Y2K, passando pelo colapso financeiro de mercados supostamente sólidos (nos quais as pessoas investiram), o que não falta são erros e pensamentos dominantes irracionais. A humanidade está cheia disto, abrimos um livro de história e estas coisas sucedem-se e fazem-nos pensar, sejam os horrores do holocausto, à ingenuidade da era atómica em que se pensava que teríamos tudo movido a energia nuclear, vemos essas coisas mas talvez, infelizmente, estejamos condenados a só conseguir olhar com distanciação o nosso passado e acharmos que o nosso presente é outra coisa, que nós não somos tão ingénuos como os nossos antepassados.

 

 

Anúncios

5 thoughts on “história repete-se

  1. É isso mesmo: abrir os livros de história. E os de história natural também. E não ser idiota. E perceber que desde que há ciência, há má ciência. E que o caldo está entornado quando a política se põe a cavalo da ciência (boa ou má).

  2. Assim como há claramente um pensamento que se congratula em ser supostamente politicamente incorrecto… Não vejo que um seja melhor que o outro; só acho que se pensa demenos. E se fala demais.

    1. Concordo, mas não é o caso do cientista entrevistado, parece-me um tipo sério. É claro que neste e noutros assuntos o nicho do politicamente incorrecto também garante mais atenção mediática.

  3. Oh que diabo! Então não é que a climatologia é uma ciência moderna e os fenómenos climatológicos podem durar séculos? Se os ecologistas e a sumidade do Al Gore ganham a vida a anunciar o fim dos tempos faça o favor de não os contrariar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s