“obcecado” para mim é bom

Sem querer postei aqui um post que era para o Diários de Corrida, o blogue onde arrumo a minha pequena epopeia a caminho da minha primeira ultramaratona e por aí adiante. O que fixei foi o meu reflexo ao ver que me tinha enganado. Foi um “ai, não, draft, draft, tira isto”. Como se tivesse postado uma foto de mim mascarado à Madonna no carnaval de Torres Vedras, deitado no passeio de perna aberta, por engano. Não quero afugentar os 2 leitores que me restam no Sonhos do Tipo D com o meu lado menos apelativo. Eu sei é que comecei a ouvir AVICII porque Radiohead não se coaduna com exercício. Só para citar um exemplo. Aqui é só lados apelativos.

(confesso que me faz confusão o ‘obcecado’ e a ‘obsessão’ em termos de ortografia)

Anúncios

2 thoughts on ““obcecado” para mim é bom

  1. Deixa-te de merdas. Escreves muito bem, o que significa que pensas, fazes um esforço. És, aliás, muito melhor nisso, agora que és pai (não sei dizer se a relação é directa, tu é que deves responder a isso, se é que a pergunta te ocorre).

    No que me diz respeito, acho que penso melhor, até as inseguranças têm outra pinta 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s