pesca

Muito bem. Depois de ler um livro de pesca e ver algumas coisas na net, resolvi abordar uma loja de artigos de pesca com a frase que os vendedores mais gostam de ouvir: “queria iniciar-me, não percebo nada disto, o que me recomenda?”Assim, saí de lá com uma cana de 6 metros para pesca à bóia, uns 5 piões calibrados, linhas, uma mochila de pesca, caixa de pesca, um carreto muito fixe, anzóis de vários tamanhos, chumbos, chumbinhos, olivas, stoppers, starlights (foram oferta), destrocedores, missangas, um boné (oferta) e muitos outros apetrechos que ainda não consigo identificar.Pensei, na minha ingenuidade, que hoje conseguiria ir pescar pela primeira vez.
Só para meter a linha no carreto demorei umas três horas, tive de ver 30 videos no youtube, aprender a fazer nós… Foi o dia nisso. Meter a linha no carreto e aprender dois nós. E perceber que isto é uma ciência que sim senhores. O senhor da loja, simpático, disse que podíamos pescar juntos e ele explicava umas coisas. Pudera, estou a imaginá-lo a dizer-me “Epá, se você tivesse aqui um carreto mais pequeno e uma cana de spinning, você apanhava aqui um grande robalo. Chegou-me lá um na loja hoje, bastante bom e em conta”. Outro amigo disse-me que pescava muito há uns anos e deixou por preguiça e falta de companhia e ficámos de ir. E ainda tenho o meu primo Tozé que é hiper pescador e a quem vou pedir umas lições. E por aí, alguém pesca?

Anúncios

3 thoughts on “pesca

  1. Pratiquei ligeiramente no paredão de Esposende e em algumas barragens por um par de anos quando era muito puto. Teria uns 10, 12 anos. Se bem me lembro, em Esposende pescavam-se solhas, robalos e enguias. Entretanto, já nem sei o que foi feito das canas e anzois mas guardo saudades. Não te preocupes que isso dos nós e dos carretos aprende-se depressa.

  2. Pesquei uma vez com o meu avô, tinha uns 13 ou 14 anos. Não fiquei fã da pesca mas nunca esquecerei aquela tarde de Agosto passada no Douro. Nem o meu avô. Ainda tenho a cana de pesca, é laranja e gosto de olhar para ela. Faço-o mais vezes do que seria de supor. Talvez algum dia volte a pescar…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s