iphone 666

Porra, corri uma ultra maratona. Não vem a propósito (ou vem?) mas li que o iPhone 6 bateu todos os recordes de venda. E pronto, aconteceu, humanidade para um lado, eu para o outro. Ainda ponderei ser game designer depois de ver a explosiva economia dos jogos para smartphones e as ferramentas tecnológicas para os desenvolver mesmo com pequenos estúdios. Mas isso foi antes de ter jogado a jogos de smartphones e perceber que os maiores sucessos se baseiam em truques psicológicos como “esperar xis tempo por uma recompensa, se pagares 1 euro tens 20928244 milhões de créditos” ou “convida 10 amigos e ganha vidas”. O que os jogos de smarthpones fizeram foi levar jogos a quem não jogava antes e a momentos onde não se jogava antes e aumentar brutalmente a procura primária num mercado que se julgava saturado. São básicos não por limitações tecnológicas. São básicos porque não devem exigir demais do jogador. Os smartphones são-me indiferentes em geral, acho-os práticos e pronto, mas aborrece-me um bocado quando outra pessoa não está ali durante uns momentos, mas sim imersa em informação que não tem relação com o contexto físico em que está (e em que eu estou). O iPhone odeio-o, está lá no topo, pelo preço e por ter transformado o objecto tecnológico e funcional numa afirmação de status social, arrastando a indústria para essa direcção, em vez de outras direcções que a meu ver seriam mais interessantes (que tal uma bateria boa?) A sociedade está doente quando um produto que custa entre 700 euros e 800 euros, que em 3 ou 4 anos está obsoleto (ou antes) consegue criar filas intermináveis à porta das lojas. Percebo-o como objecto de luxo, de topo de gama, mas não entendo como consegue ser massificado com aquele preço exorbitante. Henry Ford levou o automóvel às massas com um produto feito em série, muito mais barato que os que existiam antes, satisfazendo uma necessidade de deslocação. O sacana do Steve Jobs fez praticamente o truque oposto: convenceu as massas a comprar luxo e a preço de luxo, para satisfazer uma necessidade que ele próprio criou.

iphone5

iphone4

iphone3

iphone2

iphone1

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s