uma pessoa

Um bebé é uma coisa assim alien, vem do espaço, é isso que um pai com sensibilidade literária que se preze e que lê ficção científica sente. Os olhos pacíficos, azulados, contemplam-nos com serenidade, de muito longe, mas muito perto. A pouco e pouco vai aprendendo os nossos costumes e começa a ser humano, muitas vezes é um espelho genético dos pais e não só e nota-se antes mesmo de verbalizar pensamentos elaborados.

Há dias senti o primeiro momento de verdadeira comunhão com ela. A ver o Baby TV, lado a lado, de manhã muito cedo. Ela concentrada, encostada ao sofá, ao meu lado. Foi o estar ao meu lado, encostada, cotovelo contra cotovelo. De vez em quando olhava para mim e comentava algo na sua linguagem já elaborada e eu respondia. Depois voltávamos a ver mais um pouco. Aqueles instantes em que ela e eu estávamos lado a lado a assistir a qualquer coisa, foi como um fast forward para o futuro. Há uma pessoa nova na minha vida. Uma pessoa que vem de onde? Estou tão embasbacado com isto.

Anúncios

One thought on “uma pessoa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s