a man cave

500 mil canais e programas e a única coisa que vejo é o Marooned with Ed Stafford.
maroone-venezuela-all-new-01-drl

Programa de survival, em que um tipo expert tem de sobreviver em ambientes hostis como uma ilha deserta, o deserto ou a selva. Aqui há a variável de estar totalmente só (é ele próprio que se filma) e não ser tão gratuito como o Bear Grylls. O tom é mais de diário e pausado. Não basta sobreviver, ele deve montar um sistema estável para comida, abrigo, água e sanidade mental que lhe permitiria subsistir ‘para sempre’. Sou homem e os homens tendem a apreciar este tipo de programas, como é evidente.  Faço algumas coisas que são ligeiras emanações disto, como ter descoberto que gosto de pescar ou ou correr ultramaratonas em montanha. Mas também porque vejo isto como uma metáfora de sobrevivência de períodos de solidão em qualquer contexto, nos quais eu me revejo. Esse reencontro cria um agora muito puro e intenso. O Ed Stafford, por exemplo, na ilha das Fiji, desata a chorar quando, ao fim de quase dez dias a tentar, consegue acender uma fogueira. Eu já senti algo próximo quando consegui ligar uma pen 4g à internet depois de meia hora a tentar.

Anúncios

2 thoughts on “a man cave

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s