a invenção da mentira

Pedalo, com ela no babycarrier. Está frio, as mãos geladas aquecem-se dentro da gola da minha camisola (vou ficar com as camisolas todas alargadas na gola à custa disto).  Do meu ângulo, só lhe vejo o capacete enorme e o queixo rechoncho. Está embalada e observa as coisas a passar. Costumamos ter diálogos nestes momentos.

Como é que faz o cão?
ão ão, diz ela com entusiasmo.
E o gato?
miauuu
Mas que miau tão bem feito. E o pato?
Quá quá
E o porco?
rrrronc rroonc
E a vaca?
muuuu
muu, pois é, a vaca faz muu. E a ovelha?
meeeh

E a girafa?
iiih (sem se descoser)

E o hipopótamo?
(hesita) mó.

Anúncios

2 thoughts on “a invenção da mentira

  1. Ainda hoje brinco com o som dos animais com meus miúdos e eles já têm 4 e 7 anos, gosto de lhe spergunatr como faz a lagartixa, a minhoca e afins… e eles arranjam sons hilariantes!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s