senhoras que vendem brinquedos nas lojas de brinquedos

O padrão é sempre o mesmo. Entro numa loja estilo Edicare, cheia de brinquedos giros à brava mas infelizmente demasiado avançados para a minha filha. Sou um pouco impaciente com ela. Acho que a cena são miúdos com mais de quatro anos. Aí  consigo brincar com os brinquedos deles, como o kit de química para fazer explosivos depois de googlar o que é preciso na net ou o dinossauro articulado que pode abrir caricas de cerveja. Enfim, não tenhamos pressa. Apesar da minha estar no percentil 97% a nível de perímetro encefálico (gostava que isto fosse irónico, mas não é, felizmente está nos 85% de peso e altura), ela é pouco mais que um cachorrito que fala e anda, de modo que tanto faz comprar-lhe brinquedos na Mister Vet como numa loja didática como apanhar coisas da rua ao pé dos caixotes do lixo e trazer-lhe para casa (ela adora os bocados de estofo de sofá que lhe ‘comprei’ na semana passada). Passado a primeira ronda em que experimento diversos brinquedos, perguntam-me: “precisa de ajuda?” Tenho ar de quem precisa de ajuda, porque sou homem, evidentemente, e pareço um desses “jovens” que está a comprar prendas para uma afilhada ou prima ou antão para os filhos de uma MILF quinze anos mais velha que eu e que me paga tudo e que tem um Mercedes decapotável. É esse o meu ar.

Então digo “é para uma criança de ano meio”. E levam-me para a secção específica de crianços de ano, ano e meio. Perguntam se é rapaz ou rapariga, eu digo que tanto faz, é humana . Depois começam a vender-me os brinquedos e jogos com argumentos persuasivos:

-… e aqui temos este puzzle que permite à criança fazer até vinte e cinco combinações diferentes com apenas cinco peças. Este puzzle também é tridimensional e desenvolve o equilíbrio. Depois tem aqui os cubos para empilhar. Cada cubo tem seis faces, cada uma com um símbolo. A criança pode ordenar os cubos consoante o tamanho, os símbolos, as cores. Os cubos guardam-se todos no cubo maior o que é uma vantagem. Depois temos o livro das texturas. Este livro tem diversos animais, tem um de animais domésticos, como o cão, o gato, o cavalo ou o porco. Cada animal tem uma textura que a criança pode tocar e sentir. Aqui tem o livro dos animais marinhos e este é dos animais da selva. Creio que tenho algures o dos animais da montanha… deixe-me ver… não, já os vendi todos. Depois temos aqui o xilofone colorido que tem sete notas musicais e que…
– Eu levo o livro dos animais domésticos. Ela diz cão. Ela imita, faz ão ão. Vai gostar.
– Se ela gosta de animais domésticos deixe-me recomendar-lhe a quinta dos anim…
– Oiça deixe estar, quero este livro dos coisos domésticos.

Não conseguem disfarçar um olhar um pouco apreensivo durante breves segundos. Mas eu sei que se a trouxesse à loja eles iam compreender a questão.

E a propósito de cães  e da minha filha . Aqui Júlia e Julieta (é verdade, coincidência) reflectem sobre a condição canina e as separações artificiais impostas por uma sociedade, infelizmente, maioritariamente humana.

juliajulieta

Anúncios

3 thoughts on “senhoras que vendem brinquedos nas lojas de brinquedos

  1. E os médicos e enfermeiros não fazem SEMPRE referência ao facto de ela ter uma cabeça grande? É que no meu filho também é proporcional à altura mas já imagino o miúdo cheio de complexos aos 10 anos de idade porque em todas as consultas ouve o mesmo. Pfffff 🙂

  2. Eh lá, e a minha primeira, que nasceu com 36cm de perímetro cefálico e o neonatologista que a observou e veio a ser o seu pediatra, mal olhou para ela, quase 2 meses depois, e disse “olha quem ela é,!”

    Isto para te dizer que gosto muito do teu registo enquanto pai. Tens muita pinta, nada de confusões com dálmatas, essas criaturas caninas que são do menos recomendável junto de crianças. Continua 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s