sono

Tive uma noite inacreditável. Deitei-me às 22:00 sem jantar, depois de beber um litro de água das pedras, gelado até aos ossos (a pirralha tem o único aquecedor da casa). A hesitação era vomitar ou não vomitar. Cada vez que mudava de posição, sentia-me agoniado, a cabeça a andar à roda. Depois calor, tirar roupas, mudar de posição. Devo ter adormecido. Às tantas durante a noite o enjoo desapareceu, lá pelas 3-4 da manhã. E a sensação foi tão boa que não dormi quieto durante umas boas duas horas, de tanto mudar de posição todo contente de não me sentir enjoado. Agora tenho sono. Mas não era sobre isto que queria falar. Como venho de bicicleta casa-trabalho, trabalho-casa, para não repetir sempre a mesma coisa, às vezes meto por uma rua nova, outro caminho… Vou fazer a mesma coisa com outros hábitos, como os restaurantes onde almoço. Agora vou a um que supostamente tem uma boa canja que é o que me apetece. E logo à noite ver se consigo ir do trabalho até casa a correr e tudo. De vez em quando está sol e eu fico contente e estico o focinho em direcção a ele como os meus cães me ensinaram que se deve fazer, isso e fechar os olhos e farejar o ar, com as orelhas para trás.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s