faca do chefe

faca

A minha segunda geração de instrumentos de cozinha tem-se pautado por escolhas cuidadosas que favorecem o premium. Sempre sonhei com uma faca de crhomium-vanadium. Talvez não. Talvez só a partir do momento em que lhe peguei na loja e ensaiei os movimentos de picar cebola ou fatiar um tomate imaginário e o senhor de idade espreitou por cima do meu ombro e disse “ahh, vejo que é um conaisseur“. Foi buscar um pano e pousou-a em cima do pano. Ficámos os dois a admirar a sua ausência de reflexos luminosos, como se a superfície cortasse a própria luz solar, assim como as depressões ovais na lâmina para impedir o vácuo após o corte e permitir a soltura das fatias de courgete. Explicou-me que normalmente nem mostra essa faca aos clientes. Só me faltou dizer que era uma Hattori Hanzo. A marca, contudo, é portuguesa: Ivo. E parece que ganhou prémios de design e inovação a nível mundial, na alemanha e tudo. Uma liga de aço que incorpora carbono, manganésio, fósforo, enxofre, sílica, crómio e, claro, vanádio. Isto é essencial para cozinhar. Não sei como cortei coisas durante 20 anos com uma faca comprada numa grande superfície. O carbono permite cortar hidratos de carbono. O manganésio para o amnésio. O fósforo acende o bico do gás. O enxofre corta cebolas e a sílica é idílica. O crómio é porque é isso que sou, na cozinha. O vanádio é que não sei.

Já em casa, testei-a. Foi divertido cortar um tomate pousado na tábua de um só golpe, com as duas metades a ficarem juntas depois da faca passar, como nos filmes e o tomate sem se mexer. Corta tanto a faca que é complicado guardá-la. Vai acabar por cortar tudo até ao núcleo da terra. Como todos os cozinheiros e dragon slayers, dou nome às minhas facas. A esta, chamo-lhe Death Star. E faz pandã com o meu avental do Garfield.

Anúncios

11 thoughts on “faca do chefe

  1. Um texto delicioso, fez-me rir num dia que não tinha muitos motivos para o fazer. Não resisto a uma goga culinária não sei como falhou esta faca. Já foi ver o site da IVO. Deviam dar-lhe um conjunto de facas só por este texto, a melhor publicidade deles. Mas no site também têm coisas interessantes e fiquei a saber que há uma faca SÓ para o tomate. Agora falando a sério, fiquei mesmo com vontade de ter uma coisa destas, logo já passo pelo Polycarpo

    1. peço desculpa, mas 40 mocas é a faca multiusos que é mais pequena e, naturalmente, mais barata. A face do chefe não aparece online quando é uma visitante do sexo feminino. Em compensação aparece a de descascar por exemplo.

    1. Há que apreciar um site que sabe o que mostrar. Detestaria perder tempo a perscrutar objectos desinteressantes. Time is money, para tudo há um custo, e os almoços grátis jamais o são. Vou ver canetas. A minha Montblanc tem uma apara fina. Ainda não decidi se a troque. Se calhar uma boa faca resolvia-me o problema. Será que se fizer uma pesquisa assim encontro a adequada? Ah, as dúvidas…
      Sorriso!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s