diálogos mais ou menos reais ou porque é prematuro ter certas conversas com uma coisa de dois anos

– Papá, olha a lua! A lua papá, olha a Lua! A lua já acordou.
– Já acordou. Dorme de dia?
– Shim.
– Sabes o que é a lua?
– É uma bola.
– Muito bem, lembras-te. Ontem o pai explicou-te que a lua é uma bola. Mas é uma bola muito grande, mais de 3000 quilómetros de largura.
– Papá, um cão!
– Um cão, pois é 3000 quilómetros para teres uma ideia, são quase 3000 viagens de ida à creche e…
– Papá, não pode voar à lua muito longe.
– O que é que isso quer dizer?
– …
– Ok. Sim. Não. Mas o homem já voou até à lua. Num foguetão.
– O papagaio que o papá vai dar vai voar no baleal.
– O que é que isso tem a v… Sim, mas o fio do papagaio não chega a lua.
– Não conshigo voar.
– Pois não, não és um pássaro, mas com o papagaio podes.
– Gato! Um gato!

Anúncios

5 thoughts on “diálogos mais ou menos reais ou porque é prematuro ter certas conversas com uma coisa de dois anos

  1. Já tive conversas dessas com homens adultos engravatados e não embriagados em salas de reuniões de empresas. A miúda tem futuro, começa já a mandar currículos para as consultoras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s