bom dia

Atropelei um pássaro no alentejo, na A2. Uma recta gigante, o meu era o único carro num raio de quilómetros e o idiota foi mesmo passar à minha frente a rasar o asfalto Ouvi um “poc” e pulverizou-se. Ficaram só umas penas e sangue na grelha frontal.
Desculpa pássaro. A sério. RIP.

Quando furam um tímpano pela pressão numa onda maior um dos sintomas é perder o equilíbrio, não sabemos para que lado é para cima e para baixo e se estivermos debaixo de água escura pode ser mau, podemos nadar na direcção errada.

Quando não a tenho comigo mais do que 2 ou 3 dias começo a ficar desorientado. A enxurrada de tempo livre. Sobram palavras, vontades. Disperso-me como um bocado cinza numa urna aberta pousada à beira mar. Pareço gasolina. Quero adoptar mais pessoas. Tenho de voltar a correr.
Sim.

Ela agora canta-me isto (versão portuguesa que não encontro no youtube!). Bom dia e uma boa semana.

Anúncios

6 thoughts on “bom dia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s