aproveitem enquanto está online

um ensaio de foto e texto aqui e que sou capaz de apagar se me apetecer.
1

Anúncios

22 thoughts on “aproveitem enquanto está online

  1. gosto de ti intimista, com a leveza que o sentido de humor imprime também, mas intimista és mais autêntico, as partes de nós que escondemos não são necessariamente piores do que as que revelamos. Bjo

  2. Pois,pois, isso é tudo muito bonito mas a malta quer é saber como te correu a coisa. A gaja era boa ou nem por isso? Chegaram a vias de facto ou foi só conversa de chacha? Coisas práticas e com interesse não contas tu, só rodeios, nem pareces um gajo de direita, fuadasse.

  3. Ouve, deves pensar que estou a gozar, mas esse javali também fotografou a minha ex mais complicada, que ao contrário da tua, aparece no portefólio dele. Também li essa entrevista e também confirmou o que pensei dele, que aquilo era um esquema azeiteiro que cresceu inexplicavelmente, ou por ele ser meio totó, ou meio chato à brava, com fotos banais tiradas com câmaras boas, sem evoluir há anos porque o que interessa é o esquema e não as fotos. O mundo é pequeno, e a pila desse gajo também.

  4. Não sei qual o problema de fotografarem as vossas ex. Devia-lhes ser indiferente. Se vos “toca” é porque as gajas ainda são alguma coisa para vocês. Andem para a frente!

  5. ainda são alguma coisa para nós? e isso é mau? a ligação emocional a pessoas importantes não passa nunca e ainda bem (digo eu, que ainda me dou com todas as ex). só experiências demasiado traumáticas vale a pena purgar a quase 100%. mas neste caso, neste caso específico, o problema é que o fotógrafo é um predador patético de mulheres momentaneamente perdidas, o que magoa é alguém que admiramos cair numa esparrela tão medíocre, não sei, soa-me a fragilidade.

      1. vocês têm bocas opinativas sobre “querer” ficar amigo, que stress. não, só falei de não se esquecer uma pessoa que foi inevitavelmente muito próxima, como se fosse a senhora que limpa a escada aqui do meu prédio, às vezes é mutuo e as pessoas continuam a dar-se quando se voltam a tolerar. felizmente tive namoradas pouco complicadas, apesar de não poder generalizar para as minhas amigas.

      2. Subscrevo. No meu caso então partilhamos uma filha e é bom darmo-nos bem, mesmo muito bem. Também como é actriz me habituei a vê-la beijar ou flirtar com actores em contextos profissionais em que representava e aprendi o que é uma encenação. Outra coisa é aquilo de que eu e o Zé falamos. Enfim.

  6. Fonix, eu juro q era uma piada e caramba lourenço pelo amor de deus n te “conheço” de ontem, por quem me tomas, claro q é bom q te des bem c a mae da julia, credo, eu hein?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s